quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

A SPINNINGPÉDIA - Diccionario Técnico de Spinning

A SPINNINGPÉDIA - Diccionario Técnico de Spinning.


Aberdeen: Modelo de Anzol que é conhecido por ser fino e alongado.

Action: Acção - Medir o desempenho da cana que descreve o período transcorrido entre a dobra da haste e do seu retorno à posição inicial; fileiras vão desde a rápida ou lenta extra rápido, com acção lenta, que tem o maior número de flexão. Também se refere à força ou resistência da cana que podem ser ultra light, suave, médio, meio pesado, pesado e extra-pesados, e pode também remeter para o mesmo significado para o poder dos carretéis. Cast. Acção.

Angle: Pesca recreativa que é praticada com cana e carreto.

Angler: É o pescador com cana e carreto.

Angling: É o ato de pesca com cana e carreto. É ainda afirmado de luta com os peixes.

Antireverse: Mecanismo para evitar contra giro do carreto.

Assist hook: Um conjunto de dois cabos que ligam os anzóis ao jig que se usa na pesca denominada jigging.

Back Bone: Força de reserva das canas, ou seja a capacidade de carga a partir da ponta da cana.

Backing: Fio contido na bobina do carreto. Pode ou não ser igual á linha principal com que se pesca.

Backlash: Cabeleira, enleio de linha, ocorre quando a linha sai mais rapidamente da bobine com que devia.

Bag limit: Restringir o número de capturas que se pode fazer.

Bait: Isca viva ou artificial usado para enganar os peixes.

Bait Casting: É um estilo de pesca que se desenvolve em águas interiores, mas agora também se estende a água salgada. A palavra implica o lançamento (Pesca) com isco vivo.

Bait and Swich: Técnica de atrair peixes pelágios do mar utilizada principalmente para a procura dos mesmos e fazer com ataquem. E assim de seguida usar um artificial, este sim já com anzóis para puder fazer a captura dos pelágios.

Bait Well: Tanques para isco vivo que se levam no interior do barco.

Balance: Balança.

Ball Bearing(s): rolamentos. Peças mecânicas usadas nos carretos e por vezes nas canas, que utilizados para dar mais força e suavidade ao mecanismo onde se inserem.

Barbless: Anzol, sem barbela ( usado na pesca sem morte ).

Big Game: Técnica de pesca. Direccionada a grandes peixes que é efectuada em mar aberto.

Bimini (twist): Nó muito popular usado na pesca desportiva.

Boots: Botas de Neopreme.

Bone: Material feito de osso ( amostras etc).

Box: Caixa para guardar amostras.

Brackish water: Agua salobra, agua com um PH de entre 7.3 y 7.8.

Braided: Linha entrançada mais conhecida por multifilamento.

Buck Tail: Parte de traz de alguns artificiais tipo jigs ou chivos, feita em material natural tipo cabelo ou pelos de animais.

Bullet head: Jig com cabeça cónica ou em forma de uma bala.

Buzz Bait ó Buzzer: spinnerbaits com grandes curvas em forma triangular de colheres ou hélices que geram grande agitação na água. Usado para pescar na superfície.

Catch & Realise: Pescar e soltar, pesca sem morte.

Center Drag: Localização central do freio em bobine carreto fixo.

Chum: Engodo feito de matérias orgânicas(peixes, areia, agua etc).

Chumming: engodar de uma zona onde se vai pescar, com objectivo de chamar o peixe.

Chumger: Tipo ou a forma da cabeça de uma amostra especificamente direccionada para a pesca á superfície,(Poper) pois esta forma faz o agitar da água simulando um pequeno peixe em apuros provocando o ataque dos peixes predadores.

Chunk: cortes ou pedaços de isca.

Chunk-N-Wind: Spinner - Nome dado a pescadores que usam esta técnica, que consiste simplesmente apresentação de uma amostra que se atira para a água e se recolhe uma velocidade moderada de forma a esta permaneça debaixo de água e imite um peixe a nadar.

Circular Hook: Anzol circular também conhecidos na gíria como isca japonês, muito utilizado para pesca aos pelágios

Clutch: Embraiagem - Mecanismo de abertura e encerramento da bobina.

Combo: um conjunto Cana e Carreto.

Conventional Takle: Termo utilizado em contraste com Fly Takle e refere-se a qualquer equipamento diversas pescas equipamentos para pesca com mosca.

Countdown: Características de uma amostra difícil de manusear nas camadas inferiores da água desta maneira é chamada de troll profunda, difícil de navegar até a profundidade desejada .

Crank Bait: Amostra a imitar um peixe de formas arredondadas.

Crawling plugs ó Crawlers : Amostras de superfície a tipo jitterbug ou o Crazy Crawler. Usadas especialmente na pesca ao Robalo á mais de um século.

Crimp: Nó de Engate para fazer a ligação da madre a um baixo de outra linha.

Curly Tail: Um tipo de vinil com o rabo em forma de foice ou curvos é muito atrativo para os predadores porque simula uma espécie de corpo em natação.

cut nails: Corta Unhas.

Dancing plugs: Amostras passeantes, fazem o efeito chamado walk the dog..

Darter: Forma da cabeça de algumas amostras cuja a cabeça tem um ângulo, trabalham á superfície fazemdo salpicar água (splash) também chamados de popers.

Dasy Chain: são um conjunto de Amostras pingalins ligados entre si de uma forma linear.

Dead Stick: Técnica de movimentação aplicada a uma amostra que se trabalha á superficie, fazendo pequenos movimentos com paragens para simular um peixe moribundo.


Deep Runners: Crankbaits ou minnows para desenvolver a sua acção a vários metros de profundidade.

Deep Sea Fishing: Este termo se refere tanto à pesca em mar aberto como á pesca em grandes profundidades,Pesca de alto mar.

Down Rigger: Trata-se de um artefacto usado para levar uma amostra a atingir grandes profundidades que sem o mesmo seria impossível de ir a essas profundidades.

Drag: é o freio dos carretos, faz com que a bobine liberte ou não fio conforme a regulação que se dá ao mesmo.

Drift: À deriva, permitindo assim livre circulação de um barco com as marés e correntes de água, bem como do ar. Podendo assim efectuar-se uma pesca em movimento acompanhando a movimentação do peixe.

Drop Shot: Técnica usada na pesca com artificiais, no qual a amostra (vinis) é acompanhada por um lastro(chumbo tipo bala).

Dyneema: Sistema desenvolvido pela mercanta Holandesa DSM (Dutch State Mines) para criar, entre outros produtos, linhas de pesca multifilamentos. (Berkley fireline, Grauwell Maxilon ...)

Eva: espuma de alta densidade. Usada nos cabos de algumas canas.

Extra Wide Gap (EWG): Anzois especiais para os vinis, com uma curva muito ampla.

Fast Roll: uma rápida recuperação de uma amostra para imitar a subida á superfície.

Feet: Unidade de medida de comprimento, 1 pé (feet) igual a 0,3048 metros.

Fire Tiger: Cor muito atractiva usada em algumas amostras, para a pesca em águas tapadas ou em condições de baixa luminosidade. É uma combinação de limão verde, amarelo e vermelho, mas poderá encontrar várias versões, dependendo do fabricante.

Fish finder: Sonda, cujo objectivo é informar o pescador, dando informações sobre o que está abaixo da superfície da água.

Fishing: Pesca, Um termo genérico para se referir à pesca.

Fishing Line: Linha de pesca.

Fishing Net: Xalavar.

Float: bóias existem muitos tipos e destinadas á algumas técnicas de pesca.

Floating: Flutuante, termo usado para as amostras que tem essa característica, ou seja são flutuantes a quando da paragem do recolhimento estas vêem á superfície.

Float Tube: Pato, utensílio adaptado para a prática da pesca, usado normalmente na pesca ao Achigã.

Free falling: Em queda livre – Usa-se no jiging, consiste em deichar cair a amostra até ao fundo fazendo assim com que esta livremente mostre todo o eu potencial.

Fresh Water: Água Doce, águas interiores.

Gaff: Crock Bicheiro ou Gancho para tirar peixes grandes.

Gloves: Luvas.

GPS: Aparelho usado para marcar locais através de coordenadas com referência dada pelos satélites.

Grip: Porta carretos, sitio onde se vai ficção o carreto á cana, tambem um acessório para auxiliar a tirar da água as nossas capturas.

Grid: Grade, Chibato, não fazer capturas.

Grub: Nome genérico dado aos vinis em forma de larvas, minhocas cava terra etc.

Guides: Passadores, anilhas ou argolas, por onde passa a linha na cana de pesca.

Hat; Cap: Boné, Chapeu.

Handle: Parte da manivela dos carretos onde agarramos com a mão para fazer o recolhimento de linha.

Hardbait: Amostras duras do tipo crankbaits, minnows, Popper etc, todos aqueles cuja consistência é sólida.

Head ligth: Lanterna de cabeça.

Hook: Anzol.

Inshore Fishing: Pesca em Aguas interiores não necessariamente agua salgada.

Jerk Bait: Amostra em forma de peixe com uma pala o que faz com que a mesma afunde abaixo da superfície da água.

Jerking: Técnica que consiste em mover a amostra imitando um peixe moribundo atordoado, jerk em inglês significa estúpido confuso.

Jig: Amostras que não flutuam normalmente feitas em chumbo ou com a cabeça em chumbo que são usualmente utilizadas no jigging.

Jig Head: Cabeçotes, a cabeça para ser utilizada nos vinis.

Jigging: Técnica de pesca.

Jointed: Termo utilizado para aquelas amostras articuladas.

Kit: Conjunto de pesca ( cana, carreto, etc)

Knapsack: Mochila

knife: faca, canivete.

Knots : Nós – usam-se para ligar linhas de pesca; e Nós – medida para calcular a velocidade do vento, 1 nó = 1.84 Km/h.

Launcher: lançamento.

Leader: Madre, linha principal mais grossa e resistente para evitar a ruptura, onde vai unir o baixo.

Leap : Salto, É utilizado para descrever a acção dos peixes que saltam para fora de água (exp: Achigã, Anchova).

Light Fishing: Pesca Light: Termo que designa a utilização de carretos, canas pequenos e leves, fios finos e menos resistentes etc.

Live Bait: Isca viva.

Line : Linha.

Long Line: Aparenho de anzóis normalmente utilizado pelos pescadores profissionais.

Lure: Artificial, Amostra.

Match rod: Cana telescópica.

Minnow: Amostra em forma de peixe com uma pala o que faz com que a mesma afunde abaixo da superfície da água.

Net: Rede.

Net Bag : Saco de rede, para colocar as capturas.

Offshore Fishing: Pesca em águas marinhas Não costeiras não.

Oz.: Onças. Unidade de medida de peso, 1 Oz igual a 28,3495 gramas.

Pearl (cor): branco, com muita luz rosa, azul, .. semelhantes às de pérolas e pérolas no interior das cascas de ostras, Cor usada em muitas amostras.

Pencil poper: Amostra com a característica de ter uma concavidade na boca, para a pesca á superfície.

Pirk = Jig típico da Noruega.

Pirking = Jigging com a diferença que uma vez que chegámos a profundidade desejada começamos a mover o Jig (Pirk) para cima e para baixo sem recolher fio.

Plier : Alicate.

Plug: Dnominação genérica de todas as amostras duras.

Polarized Sunglasses: Oculos de sol com lentes polarizadas.

Pontoon: Barco que tem por base dois flutuadores ou cascos independentes. Catamarã.

Popper: Amostras características por fazer um som de "pop, pop" e salpincando água, para ser trabalhado na superfície.

Popping: Acção de lançar e recolher um Popper.

Pounds: Libras, Unidade de medida de peso para a resistência das linhas e para registrar o peso do peixe, 1 libra é equivalente a 0.45359 Kilos.

Power Drift: Descreve o estilo de pesca na qual se controla a velocidade e direcção do barco usando um pequeno motor elétrico para que ele possa ser colocado na melhor posição possível para o tipo de pesca que se pratica. Usado para ficar no topo de um curso ou área específica, a manter uma distância ou posição adequada para o lançamento ou de controle da deriva de amostras em correntes submarinas.

Power fishing: Técnica de pesca muito rapida, para localizar peixes, é praticada principalmente com crankbaits, spinnerbaits e minnows.

Pread: Apresentação e distribuição das Amostras na pesca do Corrico embarcado.

Propellers: Amostras com hélices, geralmente superfície ( big big etc).

Pullen Stand Up: Este termo é aplicado ás canas que são especialmente concebidas para a pesca de grandes espécimes.

Rate, Ratted: Utilizado para descrever a capacidade de carga de uma Cana.

Ratio: Velocidade de recuperação de linha de um carrecto.

Rattlin: Esferas colocados dentro de chamariz para criar um efeito sonoro atraente para os peixes.

Reel: Carreto

Ripping: Técnica de manuseamento de Hardbaits ou Crankbait, semelhante ao Jerking , mas menos acentuada, com toques de ponteira mais suaves e mais compaçados.

Red Belly: Barriga vermelha, propriedade de algumas amostras.

Red head : Cabeça vermelha, propriedade de algumas amostras.

Rod: Cana de pesca.

Rod Holder: Porta canas.

Rolling: Material: balanceamento da amostra em torno de seu eixo, mostrando assim os flancos criando assim um grande atractivo para os predadores.

Round head (Jig):Cabeçotes com forma de bola.

Rubber Jigs: É um jig típico para agua doce com recobrimento em silicone silicone.

Sabiki: Este nome de origens Japonesa muito usada no mundo da pesca, trata-se de una linha com muitas amostras pequenas ( pingalins ).

Salt Water (SW): Àgua Salgada.

Scale: Balança usada para determinar o peso das nossas capturas.

Sea Bass: Robalo.

Shallow Runners: Minnows ó Crankbaits que trabalham muito perto da superficie.

Shore: Costa.

Shore Fishing: denominação da pesca que se faz apartir de terra ou em embarcação, junto da costa .

Sic: Abreviatura de Silicium Carbide. Material do qual se faz o recobrimento cerâmico dos passadores das canas.

Sinking: afundante - A donominação “Sinking” faz parte de todos aquelas amostras que quando paramos o recolhimento afundam automaticamente, ou seja estas amostras são afundantes.

Sliding: Similar al walk the Dog mas com diferença que a amostras desliza por a superfície, Fazendo um movimento muito suave.

Slow Rolling: Modo de pescar com amostras pesadas e afundantes em aguas profundas ou não, fazendo com que as amostars toquem e raspem o fundo levantando assim areia ou lodo chamando assim a atenção dos peixes predadores.

Slow Roll: Recuperação lenta da amostras para imitar um peixe ferido ou cansado. No confundir com o “Slow Rolling”

Snap: Clips usados para fazer a ligação ao fio do carreto e as amostras facilitando assim a troca de amostra.

Snell: Empatar, empate de um anzol.

Soft plastic lures: Vinis.

Spinner Bait: Amostras em forma de triângulo, possuem num dos lados o cabeçote com tiras em vinil que camuflam o anzol, no outro têm uma ou mais colheres giratórias.

Spinning: Técnica de Pesca - Basicamente é a acção de enrolar fio de pesca num carreto. A base principal desta Técnica de pesca é lançar e recolher um isco, sendo ele natural ou artificial, pode ser praticada desde a costa ou de embarcação.

Sportfishing: Pesca deportiva o recreativa.

Spool: Bobine.

Spoon: Colher usada nos Spinner baits.

Springs: Argolas que servem para ligar as fateixas ás amostras.

Stringer: Artefacto para reter as capturas vivas. É usado no catch and realise principalmente na pesca ao achigã.

Stick Bait: Tipo de amostras de corpo duro de forma fininha sem palheta ou seja trabalha á superfície.

Stop and go: forma de trabalhar uma amostra, consiste em pausas na recuperação parando assim a amostra durante um determinado tempo e arrancando com o recolhimento passado esse tempo. Este período de tempo é aleatório pode variar ao gosto do pescador.

Subwalker: Tipo de Amostras que trabalham na primeira capa de agua junto da superficie mas debaixo da mesma.

Surf Casting: Técnica de pesca.

Surf Spinning: Técnica de pesca muito parecida com o spinning.

Suspend: É uma propriedade de algumas amostras, ou seja estas a quando da paragem do recolhimento ficam suspensas na profundidade a que vinham trabalhando( não afundam nem flotuam).

Suspending: Amostras que fazem o suspend são do tipo suspending.

Tackle: Loja de pesca.

tape measure: Fita Métrica.

Tease: Provocar os peixes para que se aproximem das amostras estas sem fateixas. Para depois sim lançarmos as amostras com fateixas e captura-los.

Teaser: Excitador Provocador. São amostras cuja finalidade é atrair os peixes.

Texas: Tipo de Montagem para os vinis. Pode usar-se com ou sem chumbo.

Twitch: Golpe ou toque na ponteira da canapara provocar um movimento fora do normal na natação da amostra.

Twitching: Técnica similar ao Jerking con toques mas suaves e curtos.

Treble Hook:Fateixa, Anzol triplo.

Troll: Técnica de Pesca de corrico feito apartir da popa duma embarcação, colocando as canas estaticas no barco com as amostras na água e navegando com este a uma velocidade adquada.

Trolling:Pescar ao corrico apartir da embarcação.

Trot line: Sinónimo de Long Line, mas aplicação mais correcta é Aguas doces.

Ultralight Fishing: É aquela pesca que se faz com equipa de 2 y 4 libras de resistência sem que importe o tamanho ou a espécime de peixe que se quer capturar.

U-Tail: Rabo dos vinis que são em formato de U.

Wader: Vadeador.

Walker: Passeante, Amostra destinada a usar-se para a técnica de Walking.

Walking: Técnica de usada nas amostras de superfície que faz com estas façam movimentar e provoquem salpicos na superfície da água.

Walking the Dog (WTD): Técnica de usada nas amostras de superfície, dando pequenos toques de ponteira provocando assim com as amostras façam Zig-Zag O chamado “passear o cão”.

Weightless Rig: Montagem sem peso ou chumbo.

wet suit: Fato de neopreme, de mergulho.

Wire: Cabo, fio, linha.

Wobbling: Movimento balanciado em zig zag tanto da cabeça como do rabo da amostra, imita o nadar dos peixes.

Worm: Vinil de formas compridas, imita minhocas e outros vermes sobrecompridos.

Yards: Jardas, por vezes existem bobines que vem em jardas, 1 jarda = 0,9144 metros, 120 jardas = 110 metros, 200 jardas = 183 metros, 547 jardas = 500 metros, 1000 jardas = 914 metros.



Bons lances,

"1 Anzol dentro de Agua é 1 forca para 1 peixe..."

Miguel Porfírio Soares dos Reis

3 comentários:

fisgopeixe disse...

FONIX...internet para quê??? este blog tem tudo..parabens..alem disso tem tambem belos exemplares...parabens...

Anónimo disse...

Thanks for making my morning a little bit better with this great article!!

JG disse...

Muito bom esta compilação de terminologia piscatória :)